quarta-feira, 9 de setembro de 2020

AS REDES SOCIAIS COMO MEIO DE DESAGREGAÇÃO SOCIAL E CRIMES.


Em 1998 eu vi um palestrante dizer na TV que a Internet estava revolucionando o Mundo e que muita coisa boa e ruim ela estava trazendo para a nossa sociedade.
Nessa mesma época, alguém até lançou um livro com o título de "Os Demônios estão na Internet".
Nesse tempo,pelo menos aqui no Brasil, é que realmente estava começando a implantação da Internet e todas as suas nuances. O Celular estava chegando com força total e as pessoas começavam a se utilizar das tais Redes Sociais. O Orkut foi um dos primeiros. E foi também o primeiro a acabar.
Depois surgiram outros,como o Facebook,Instagram, WhatsApp e outros. Agora tudo é pelas Redes Sociais e pelos "aplicativos".
Obviamente que todas estas inovações tecnológicas vieram para melhorar a nossa vida em sociedade. Os E-mails então, são uma das melhores inovações desse mundo atual. É o sucessor bem mais aprimorado do Fax e do Telex, que tínhamos nos anos 70 a 90 do Século passado.
Porém,a utilização errada dessas Redes Sociais está causando grandes problemas para a nossa sociedade. Principalmente para os mais jovens.
Quem já não ouviu falar que uma jovem foi ao encontro de uma pessoa(homem ou mulher) que conheceu pelo WhatsApp ou pelo Facebook e sumiu? Ou que foi morta por um estranho em que ela confiou ou pensou ser gente boa e que conheceu pelo Facebook ou outra Rede Social ?
Existe toda uma competição pelo Instagram e na "fogueira das vaidades" que são estes perfis do Facebook. Aliás, este é um "Tribunal" virtual onde todos julgam todo mundo. Isso sem falar nos radicais e pessoal agressivo, de direita e esquerda, que publicam notícias Fakes e mensagem pagas,todos os dias. Muitos trabalham para políticos.
Se você quiser passar raiva ou causar inveja,poste muita coisa falando bem de você,ou dos bens que possui. Você será massacrado . Isso é o que mais acontece nesta  nossa sociedade consumista e cheia de egoísmo. A inveja mata,já disseram. Nas redesse sociais mata mesmo. Tem gente que até se suicida,pois se compara com outras pessoas e vê não é nada,que não tem nada e não suporta isso.

-Vivemos no mundo do "ter" e não do "ser". A Sociedade nada nos dá,mas no cobra muito,todos os dias.
Dias atrás, uma menina de 15 anos (adolescente) matou uma "amiga" de 14 anos de idade, porque esta falava mal dela nas Redes Sociais. E matou com requintes de crueldade,com muitas facadas.E ainda voltou onde tinha deixado a menor morta por ela e ateou fogo ao corpo. Tem maldade maior do que essa ?
Num outro caso,uma menor de 13 anos foi ao encontro de um "namoradinho" virtual que "arrumou" pelo Facebook. Ele tinha 18 anos e era viciado em drogas. Quis estuprar ela. Ela se defendeu como pôde,mas ele a agrediu e a estrangulou. E ela foi deixada na praça, morta e nua como veio ao mundo. Era estudante e tinha família e casa para morar.Não era uma menor de rua, dessas que vivem de qualquer jeito por aí. Mas trudo começou pelo celular.
E são muitos os casos parecidos,em várias cidades do Brasil.
-Como pode tanta maldade  de um ser dito humano?
E quantas mulheres,com bem mais idade,já não foram enganadas e extorquidas pelas Redes Sociais? 
Noticiou-se aqui em Goiás onde moro que uma delas perdeu R$ 300.000,00(Trezentos Mil Reais). O malandro bem falante e safado dizia que iria namorar com ela,dar lucros em futuros negócios. E ela "dançou". Era uma senhora de mais de 50 anos,de boa formação e boa renda mensal. Ela deu entrevistas na TV daqui contando essa história que correu com ela. Mas já teve muitos casos parecidos. Teve um em que a mulher se fazia passar por homem e enganou muitas mulheres.
Da mesma forma que tem muitas boas informações e bons ensinamentos nas Redes Sociais e na Internet,há também todo tipo de armadilha,tudo para enganar e prejudicar as pessoas menos esclarecidas. O Celular também é uma faca de dois gumes.
Há até os "hackers" que sacam seu dinheiro de sua conta no banco, via internet. Há vendedores de drogas,de armas e até de dinheiro falso,tudo pelas Redes Sociais. Fora os sites pornográficos,claro.
E parece que a Lei não alcança esse povo,pois eles estão sempre se multiplicando. Quando muito, são presos por estelionato.mas logo são soltos,nas tais "Audiências de Custódia". Nossas Leis são fracas. E os Juízes só aplicam as Leis. Eles não fazem leis. Estas são feitas pelos Políticos.
Não podemos esquecer dos "Sites" falsos, que vendem mercadorias e que não entregam. Tem ainda as propagandas enganosas.  E o pior de tudo: Sites que enviam boletos falsos,de contas que você tem de pagar. E fazem tais boletos idênticos aos originais.
É um mundo muito perigoso e de muita mentira e enganação,este das Redes Sociais e da Internet em geral. É preciso ficar atento e ter muito cuidado para não cair em golpes.
E estão se repetindo os casos em que,por ciúme,as pessoas estão matando umas às outras,porque viram seus (suas) companheiros (as) se comunicando com  outras pessoas,ou apenas curtindo fotos de amigos(as) ou conhecidos(as) no telefone celular. Este sim é muito útil,mas, ao mesmo tempo, também muito perigoso. 
Além de tomar muito tempo das pessoas,muitas brigas familiares e de casais estão surgindo por causa do WhatsApp e de publicações no Facebook e no Instagram.
Até divórcios já aconteceram, após descobertas de traição do(a)companheiro(a),confirmadas pelas imagens e mensagens dos telefones. Estas sim,já causaram muitas desavenças entre casais e namorados. Brigas familiares ocorrem todos os dias,por causa de fofocas pelas redes sociais.

-Muitas sortes aconteceram a partir disso também.
O Celular é,sem dúvida, um meio de comunicação importante. Serve até para os negócios Útil,mas ao mesmo tempo,muito perigoso. E as Redes Sociais e a Internet,se não forem bem utilizadas, tem causado Desagregação Social e Crimes.
E isso, a imprensa falada,escrita e televisada, está nos mostrando todos os dias.
-Salve-se quem puder !
...........................
AL.G. Reedição : 09 de setembro de 2020.

domingo, 30 de agosto de 2020

CORRAM ...QUE A POLÍCIA VEM AI

Para que eu adentre ao texto principal desta minha postagem, devo confessar aqui que tive treinamento militar no Exército onde fiz até um Curso de Cabo ,mas não quis ficar. Tive oportunidades de entrar na Polícia Civil (Delegado) e na Militar (Curso de Oficial),mas não quis. Preferi estudar mais um pouco e ser profissional liberal, pois me formei em Direito ainda bem jovem.  E durante os últimos 38 anos exerci a profissão de advogado nas áreas cível, família e trabalhista. 
A opção de não entrar na Policia ,seja ela militar ou civil foi minha mesmo. Meu pai queria que eu ficasse no Exército ,que seguisse carreira. Mas como Cabo eu sabia que as promoções demorariam. E eu não queria isso. Eu não me sentia bem com as regras de disciplina e "bitolamento" usado nestas corporações. Nem com a farda. E eu servi na época da Ditadura ainda. 
Ah! Antes que me esqueça ,um amigo queria também que eu entrasse na Polícia Rodoviária Federal e um outro ou na Policia Federal mesmo. Ele era da PF. Nessa até fiz um concurso, mas não estudei para o mesmo. Um mês antes das provas preferi ir passear no Nordeste ,ao invés de me enfurnar em casa e me debruçar nos livros. Não estava mesmo na minha natureza ser Polcial. Não tinha como passar. Não me arrependo de nada. Fiz o que eu quis. Sempre fui muito independente, muito livre E paguei caro por isso. Hoje já com os filhos criados e formados e eu com mais tempo, escrevo meus livros. Isso me faz bem feliz. Aliás, fazer o que eu queria. Esse sempre foi o lema de minha vida. E jamais entrar na Policia e ser comandado ,mandado. Não era e não é de minha natureza.
Mas o tema principal desta minha crônica não é sobre mim, mas sobre essas passeatas e manifestações que estão ocorrendo em todo o mundo ,sejam elas contra Governos corruptos e fascistas, ou como  a que começou na semana passada nos EUA ,por causa da morte do desempregado George Floyd, em Mineápolis ,no Estado de  Minnesota. E nesta última semana,também nos EUA,só que em outra cidade,vimos pela TV um policial branco dando sete tiros pelas costas em um negro que já estava sendo preso. O mundo inteiro viu estas imagens.
O mundo inteiro viu pela TV. Mas este não foi o primeiro caso por lá. Outros casos ocorreram com muita repercussão, também. Porém, esse agora está sendo o que mais chamou atenção do mundo. 
Aqui no Brasil, a Polícia do Rio de Janeiro é mestra em matar inocentes. Sempre os de origem negra. Na semana passada foi a vez do João Pedro ,de 14 anos de idade. E nos últimos anos foram muitos os homens ,mulheres e crianças que morreram por balas de policiais. Eles negam ,mas essa é a verdade.
A do americano negro ,pai de família, foi uma tragédia filmada e mostrada ao mundo todo. Uma vergonha para a Polícia dos Estados Unidos da América. Aliás esta Policia deles ,composta por maioria de brancos ,já é violenta e racista há muito tempo. 
Quando vejo as polícias agindo assim, com total brutalidade desnecessária ,seja aqui, nos EUA ou na Europa, chego à conclusão de que fiz bem em não entrar em Polícia alguma, pois eu não serviria para atacar pessoas, principalmente indefesas. Nem que fosse mandado a fazer isso. A hierarquia militar nunca me entusiasmou. Sempre optei por ser livre, sem chefes.
Então ,preferi ficar com meu preparo do Exército, que foi todo direcionado para a Guerra .Só que, no Brasil, não tivemos nenhuma guerra, nem participamos de nenhuma guerra dos outros. Quando muito foram alguns soldados e oficiais para o Haiti, mas para dar segurança aos povos de lá. E nesta ação, nosso Exército se deu muito bem.
Já tive oportunidade de ser agredido verbalmente por um Policial Civil(Delegado) e por um Militar (um cabo da PM). Mas nos dois casos eles acabaram por me respeitar, após eu me identificar como Advogado. Uma vez quando estive numa delegacia (1º caso) e no Fórum Trabalhista,(segundo caso). Em nenhuma destas situações baixei minha cabeça. E falei o que tinha de falar. Numa outra situação discuti com um Delegado também, mas eu tinha tanta razão que ele nem levantou a voz para mim. Aliás, nós,os Advogados sempre temos mais conhecimento do Direito do que os Policiais, sejam eles Civis ou Militares. E falo isso simplesmente porque sempre estamos pesquisando, estudando e agindo no âmbito das Leis e do Direito. Estudamos muito para fazer as petições ,os recursos etc.
E ,infelizmente, já vi PMs e Policiais Civis agredindo pessoas nas ruas, sem precisão alguma. Uma vez vi um Policial Civil batendo num homem, na própria casa dele. E era um trabalhador e já estava imobilizado. Nessa situação tive de agir, intervir pois o caso era com um vizinho. E tive de ouvir "poucas e boas" do Policial Civil, que também era meu vizinho e sabia que eu era Advogado. Anos  depois se desculpou comigo e veio até ser meu cliente. Ele e a filha dele. Hoje sei que ele já partiu para o "céu" dos Policiais Civis. Se é que ele mereceu ir para este "Céu".
E pensar que um dos melhores amigos meu era da PM: O Cel. João Lourenço. Ele estudou comigo no 2º grau, trabalhamos juntos numa loja e ele entrou na PM de Goiás chegando a Coronel. Nunca deixou de ser meu amigo. Ele sempre falava que era contra a violência. Pelo que eu soube ele só matou uma pessoa ,quando trabalhava no interior e era Capitão ainda. Mas disse que foi "no estrito cumprimento do dever legal". Mas foi só. 
Infelizmente esse meu amigo se foi em 2007. E ele foi um dos amigos que queria que eu entrasse na PM. E quando ele foi fazer o Curso de Oficial até me levou para fazer inscrição ,mas eu não quis. Depois fui no quartel dele visitá-lo. Mais de uma vez. Éramos amigos mesmo.
Hoje em dia, quando vejo imagens de Policiais agredindo pessoas desarmadas me revolto. Não aceito esta situação. E digo sempre para as pessoas que conheço: Pensem bem ante de acionar a Polícia. Só em casos extremos se utilizem dela. Principalmente da PM. Estes nem sempre têm preparo para lidar com as pessoas . São poucos os mais instruídos e que sabem como agir. Muitos usam as situações para jogar toda a frustração ou decepções do dia a dia deles contra as pessoas indefesas. Vimos vários casos assim na semana passada e nesta semana, principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo. E não há como negar, pois estas ações foram filmadas e mostradas na TV ,para que todos vissem a violência.  
Aliás,em São Paulo e no Rio de Janeiro já ocorreram vários casos de violência policial, mas  a TV e as redes sociais só mostram os que foram filmados por terceiros. Obviamente que, a própria policia(que já usa câmeras como parte do uniforme),não vai filmar a violência de seus policiais e enviar pra a Mídia.
Aqui em Goiás muitos têm curso superior. Mas continuam com a arrogância de serem  da Polícia.
Sabemos que Policiais são necessários para nossa segurança. É uma atividade de Estado importante. Mas, infelizmente, nem sempre agem como deveriam. E tem ainda os casos de maus policiais mesmo : os corruptos e envolvidos com bandidos etc. 
Estes são mais perigosos ainda. 
Como ressalva, devemos sempre dar valor a muitos deles, mesmo os que matam os bandidos nos confrontos, pois colaboram para não aumentar a criminalidade. Bandidos são bandidos e pronto. Não se deve dar moleza para eles.
E, repito, pensem bem antes de querer discutir ou enfrentar um policial ou precisar dele. 
E em casos de manifestações e aglomerações, corram, que a policia vai chegar. E quando veem, chegam com com força.
Salvo raras exceções ,claro.
É o que penso.
__________________
A.L.G    Reedição :30/08/2020.

domingo, 23 de agosto de 2020

SÓ AS ANTIGAS -18 MUSICAS -ANOS 70,80 e 90 . Em vídeos



BOLSONARO,O GENOCIDA

Quando em novembro de 2018,as pessoas mal informadas;os crentes fanáticos e as pessoas incentivadas e enganadas por Fake News, elegeram o Jair M .Bolsonaro para Presidente do Brasil,não previam quão perigoso ele seria para o nosso País.
Não sabiam,por exemplo que, em 1987, ele tinha sido afastado dos quadros ativos do Exército, por indisciplina, e que, pelos Exames de Insanidade Mental apresentados à época,foi dado como incapaz para continuar nas Forças Armadas e foi reformado,como Capitão sem direito a usar a farda (uniforme) e nem ser promovido jamais. Em seguida,pela visibilidade que teve na mídia,foi eleito vereador em 1988.
Parou aí,como Capitão do Exército e foi ser político. Político "ruim de serviço",por assim dizer.
Depois disso,como ficou conhecido,foi eleito Vereador, e depois Deputado várias vezes. Nunca fez projeto algum para beneficiar o Brasil. Só fez e falou besteiras em toda sua vida. E usou a Política para ficar rico,só Deus sabe como.
E sempre foi agressivo, principalmente com Jornalistas e outros  colegas políticos, principalmente os de Esquerda.Inclusive agredindo Deputadas e demais pessoas que o criticavam, mesmo no Plenário da Câmara dos Deputados,como foi mostrado pela TV . 
É homofóbico e misógino. E é tão corrupto quanto a maioria dos políticos corruptos brasileiros. Ele não se  difere de nenhum dos outros políticos já investigados por corrupção.
Por sempre estar na mídia, seu sobrenome Bolsonaro ficou conhecido e os seus três filhos mais velhos foram eleitos. O povo vota nos nomes conhecidos e não na capacidade do futuro político. O Flávio atualmente é Senador; o outro filho é Deputado Federal (Eduardo), e  o terceiro filho (Carlos) é Vereador no Rio de Janeiro. Só que este não trabalha lá, pois vive a "puxar o saco" do pai, em Brasília. O pai,o Bolsonaro-chefe,o chama-o de "O2". E o pior de tudo é que a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro não cassou seu mandato,embora ele ganha sem trabalhar. E ainda estão dizendo que ele vai tentar reeleição este ano de 2020,pois gostou da ideia de receber sem "bater o ponto" na Câmara dos Vereadores do R.J.
Pode isso,Arnaldo ?
O Flávio (Senador) e o Bolsonaro-pai, já foram mestres nos "Escândalos das Rachadinhas",que é quando estes políticos nomeiam funcionários fantasmas e pegam a metade dos salários deles. Estas notícias estão ainda na mídia,como sabemos, desde o episódio da secretária que não trabalhava no gabinete do Bolsonaro pai, mas recebia sem ir trabalhar, morando em outra cidade. Isso ainda quando o Presidente era Deputado Federal. 
Já o Flávio está sendo processado pelo mesmo esquema das "Rachadinhas"  e pelo envolvimento dele com o tal Rodrigo Queiroz(intermediário nas "rachadinhas") . Enquanto isso, o Eduardo e o "Carlucho-02", são investigados no STF por manter as "equipes" de Fake News ,usadas desde a época da Eleição para Presidente ,em outubro e novembro de 2018. Ultimamente faziam isso de dentro do Palácio do Planalto. É o que se tem noticiado.
Na época, o Lula estava na frente de todas as pesquisas para a Presidência da República . Já os outros candidatos eram fracos e não eram novidade como candidatos à Presidência,isso facilitou a eleição do Bolsonaro.
Até as normas de segurança para as armas no Brasil foram revogadas recentemente. Ele incentivou mortes de índios, ao autorizar fazendeiros e posseiros entrarem nas terras dos silvícolas. Duvidou das "queimadas" na Amazônia,quando tudo demonstrava e demonstra ainda que esta aumentou demais no seu Governo. Demitiu quem falou a verdade,nesta parte. E continua interferindo para acabar com a Floresta Amazônica. É um "predador nato" e nessa parte conta com a ajuda do Ministro do Meio ambiente,Ricardo Salles.
E o pior de tudo foi agora ,com a pandemia de coronavírus, quando ele defendeu a tal da Cloroquina como um remédio salvador para a Covid 19,quando já ficou provado cientificamente que esse remédio não cura ninguém. Ele mesmo está com a doença e escondendo isso do povo,mentindo várias vezes como se tivesse ou não tivesse "testado positivo" para a Covid 19.  Nessa semana saiu a notícia de que a esposa dele, a Michelle,também testou positivo para a Covid-19.
-Como acreditar nele?
Mentiroso nato e contumaz em retroceder em suas decisões, nomeou Ministros ruins de serviço que depois ele mesmo teve de demitir. Alguns pediram para sair,como o Ministro da Justiça dele,o Sérgio Moro,que indiretamente o ajudou ser eleito. O Bolzo pressionou até que o Moro tomou a decisão de sair do Governo  no mês de abril,deste ano de 2020. 
Depois,o bom Ministro da Saúde (Mandetta),por ciúmes  do Bolzo, ou por  não seguir suas ordens foi demitido. O Ministro Interino Pazuello está à frente do Ministério  da Saúde há mais de 80 dias, período em que as mortes pelo coronavírus triplicaram. Mesmo assim o Bolzo não nomeia um Ministro titular ,médico infectologista, para o cargo. 
Nota-se claramente que este Presidente é a favor da morte. Suas ações e de seus Ministérios do Ambiente,da Saúde e outros,nada fazem pelo benefício do povo. É um Governo omisso.
Seu nome é motivo de chacota no mundo inteiro. Só perde para o arrogante Trump : "O pior homem do mundo",segundo Arnaldo Jabor, conceituado jornalista  e colunista de jornais e da TV Globo. 
A corrupção que já existe no seu Governo é patente. O Ministro do Meio Ambiente já está sendo investigado. O da Educação(Weintraub) saiu por falar besteiras. Uma Ministra ( a Damares ,que defende abstinência sexual para todos e disse que viu Jesus no pé de goiaba),também falou besteiras e queria até a prisão de Governadores,sem nenhuma base legal. Não temos Ministério dos Esportes, nem Ministério da Educação. Nem na Secretaria da Educação fica alguém com competência. Até  a atriz Regina Duarte que queria entrar no Governo do Bolzo de qualquer jeito, foi vítima das mentiras e enganações dele.Ficou pouco tempo nesta Secretaria. Não há apoio às artes neste Governo. Acabou até com a Ancine,que dava incentivos ao Cinema Brasileiro.
-E ele andando por aí a abraçar todos os seus "apoiadores" sem usar máscara,numa época desta onde todos estão sendo infectados por coronavírus?
Ele já se indispôs contra vários órgãos e entidades  de classe brasileiras,inclusive contra os jornalistas, a Rede Globo e até contra o Congresso ;  contra o STF e a  C.N.B.B. (que representa a Igreja Católica no Brasil).
Tirou funcionários técnicos,médicos e enfermeiros graduados do Ministério da Saúde  para colocar militares despreparados em funções e cargos importantes,nessa época de pandemia da Covid-. Ou seja,não se preocupou com a saúde dos brasileiros.
Recentemente nomeou alguns apaniguados e apadrinhados de políticos de oposição para formar o tal "Centrão" e tentar impedir que ele seja afastado num provável Impeachment. Mas isso não deu certo,pois PMDB e DEM já saíram fora desse "Centrão" e não estão aprovando seus projetos maquiavélicos que sempre têm o objetivo  de prejudicar o povo. Isso ocorreu já no caso da votação do FUNDEB,recentemente. Ele não tem maioria para apoiá-lo em futuras votações,nem na Câmara dos Deputados,nem no Senado.
Ele já provou que é contra contra a cultura;contra a saúde do povo;contra os esportes e contra a vida. 
Como bem disse um Ministro do STF : "O Deus dele é o Deus da Morte". 
Ele é perigoso para a população brasileira atual. Sua política lembra o Fascismo de Mussolini(Itália): de Salazar(Portugal) e de Francisco Franco,( Espanha), no passado inglório destes países.
E digo eu, se não houver "uma cauda que impeça a perigança dele" todos nós seremos muito prejudicados ainda. É preciso afastar ele do Governo,o mais depressa possível.
Pois, este ano de 2020, já está praticamente perdido,tanto por causa das atitudes e erros do Governo dele,como por causa da pandemia causada pelo coronavírus.
.............................
P.S. Escrevi este texto com a liberdade de opinião e pensamento que me dá o Art. 5º,Inciso IV da Constituição Federal do Brasil, de 1988
_____________________
Texto Original de : ANTÔNIO GOMES .Bacharel em Direito e autor de vários livros,entre eles  "OS INOCENTES DE MÃOS SUJAS" publicado pela Amazon.com.br
Reedição,23 de agosto de 2020.

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

ENTREVISTA DADO PELO ESCRITOR ANTÔNIO LUIZ GOMES À REVISTA "ARCA LITERÁRIA" EM 2017(Agora atualizada)

1.       Fale-nos um pouco de você. 
MEU NOME TODO É ANTONIO LUIZ GOMES, Sou de origem portuguesa (meu pai e avós paternos) vieram da Região de Porto (Avô) e Algarve (avó). Nasci em Pernambuco, na cidade chamada São Bento do Una (mesma cidade na qual nasceu o famoso Compositor e Cantor Alceu Valença). Porém, com seis anos de idade me mudei com a família para a cidade de Vitória da Conquista, na Bahia, por causa de um tio meu que tinha um comércio lá (Loja “A Lusitânia “) e da qual meu pai foi sócio. A Título de Curiosidade: em Porto, Portugal, tem uma rua com o meu nome: Rua Dr. Antônio Luiz Gomes. Mas não é em homenagem a mim, claro. Mas, sim a um ilustre jurista português do século passado que era um homônimo meu, e que, segundo meu pai me disse há muito anos, ele era do mesmo ramo de nossa família original.

2.       O que você fazia/faz além de escrever? De onde veio a inspiração para a escrita?
 Durante a minha juventude trabalhei em vários locais e em várias atividades. Porém, a maior parte do tempo foi como vendedor, em lojas, feiras e até bar. Isto até me formar em Direito, com 28 anos de idade. Já no segundo grau eu gostava de fazer poemas, escrever histórias em contos e crônicas que publiquei num "Suplemento Cultural" do Jornal“O Popular” de Goiânia, GO. Era apenas um hobby, e eu me sentia importante em mostrar meus escritos aos colegas de colégio, faculdade etc. Mas não consegui escrever ou publicar um livro, pois nem tinha tempo. Após me formar e ter a carteira de advogado, passei só a trabalhar mesmo. E nas horas vagas escrevia alguma coisa, porém guardava na gaveta. Casei tive 3 filhos e o trabalho me tomava todo o tempo. Hoje ainda sou advogado, mas estou parando aos poucos. Duas filhas minhas se formaram na mesma área e curso de Direito e seguem me honrando com isso.

3.       Qual a melhor coisa em escrever?
Pelo menos, para mim, escrever é colocar no papel, ou no Blog que tenho na internet (“Palácio de Letras Blog do Antonio Luiz Gomes”), aquilo que sinto ou tenho vontade de falar, mesmo não tendo quem me ouça. Mas, escrevo também porque sei que sempre terá alguém que irá me ler ,mais cedo ou mais tarde. Além da vontade de passar para o papel algum conhecimento que tenho.

4.       Você tem um cantinho especial para escrever?
Tenho. É no quarto do apartamento onde moro mesmo, onde coloquei o computador, uma impressora e onde ficam meus livros, pois já publiquei 12(hoje ficaram só nove) pela Editora CLUBE DE AUTORES e um bem simples numa editora de Goiânia mesmo (FLEX). Este apenas com 4O folhas e que nunca vendi um exemplar sequer. Só doei. Aliás, fiz mil exemplares para doar mesmo. Já doei mais de 500 volumes Este livro se chama “O Lobisomem da Serra Vermelha” e é autobiográfico. Conta uma aventura vivida por mim e por meus familiares no Sertão de Pernambuco, quando eu tinha entre 16 e 18 anos de idade. Depois publiquei ele com mais páginas,pelo Clube de Autores e pela Amazon.com  Atualmente tenho 12 livros já publicados pela Amazon. Os mesmos 9 que estão no Clube de Autores(www.clubedeautores.com) mais 4 outros livros de assuntos diversos

5.Qual seu gênero literário? Já tentou passear em outros gêneros?
Na verdade, o que sempre escrevi foram contos e crônicas. E fiz muitos textos sobre política, futebol e direito, no meu Blog “Palácio de Letras 2”, que mantenho na Internet desde 2009. Este blog, sem muitas pretensões, já teve mais de trezentas mil visualizações de páginas. Como fui Professor de uma Faculdade, escrevo também sobre filosofia e psicologia, pois dei aulas durante 08 anos destas disciplinas. Não tenho um gênero literários específico, mas sempre estou escrevendo Contos e Crônicas.

6.Fale-nos um pouco sobre seu (s) livro (s). Onde encontra inspiração para título e nomes dos personagens?
Depois que passei a ter mais tempo de 2009 para cá, passei a trabalhar em casa mesmo, escrevi oito livros, todos publicados pelo CLUBE DE AUTORES, que é uma Editora de Auto publicação situada em Santa Catarina e com Gráfica em São Paulo, SP. Os meus livros têm nomes diferentes e cada um trata de um tema, com vários assuntos, com várias nuances de personagens ou até mesmo relatos de fatos passados e presentes. Os títulos dos meus livros vão aparecendo na minha mente a partir do momento em que penso em escrevê-los. Alguns já estavam com títulos, tirados de vários textos no Blog, ficou mais fácil. Os títulos de meus livros são :  a)-“O Livro das Curiosidades Jurídicas” ,que fala sobre Direito, com casos e causos conhecidos por mim e por muitas pessoas ligadas ao Direito; b)- “As Vítimas da Sociedade” , de contos e crônicas); c)-“A Felicidade ao Alcance de Todos”, que é de filosofia e de auto ajuda; d)- “Os Retratos da Vida”, só com crônicas e contos; e)-“Fatos Históricos e Religiosos”, que trata de assuntos ligados à Religião Católica e fatos ligados à história mesmo ; f)- “As Mulheres” ,que trata de histórias reais, romanceadas, que vivi e das pessoas que conheci, e que passaram pela minha vida;  g) “Os Mercadores da Fé”, que critica a atuação de alguns pastores que defendem a tal Teologia da Prosperidade e vivem tomando dinheiro dos fiéis mal informados. Depois disso já escrevi meu 10º Livro, cujo título é “Memórias da Caserna”,que conta as peripécias dos recrutas, soltados e oficiais, no meu tempo de Exército.E fiz ainda o 11º "Cronicas da Vida Real " e o 12º Romances Perigosos" E fiz uma segunda Edição do “Lobisomem da Serra Vermelha” com mais de cem páginas, que está inclusive sendo vendido na Amazon, juntamente com o livro de Direito (Fatos e Curiosidades Jurídicas).Aliás,na Amazon.com.br estão 12 livros  dos meus 13 até agora. Estou escrevendo o 14º

7.Qual tipo de pesquisa você faz para criar o "universo" do livro?
Na verdade, a pesquisa maior foi do livro sobre Direito O Livro das Curiosidades Jurídicas". Os outros vão fluindo de minha mente normalmente, no dia a dia, e das histórias e de personagens vivos que conheço ou que conheci. Escrevo Crônicas e Contos no meu Blog "PALÁCIO DE LETRAS 2", sobre fatos do cotidiano e até sobre politica. Depois, reúno alguns e coloco em um livro. Alguns Contos e Crônicas são inéditas mesmo.

8. Você se inspira em algum autor ou livros para escrever?
Como li muitos livros do Machado de Assis, talvez eu tenha alguma influência dele. Porém, Guimarães Rosa, Jorge Amado, Graciliano Ramos,João Cabral de Melo Neto e Ariano Suassuna, me influenciaram muito, cada um no seu universo diferenciado. Talvez por isso eu escrevo sobre vários assuntos e vários temas diferentes. Logicamente que não chego aos pés de nenhum deles.

9. Você já teve dificuldade em publicar algum livro? Teve algum livro que não conseguiu ser publicado?
Tive. Na verdade, eu só consegui publicar meus livros depois de encontrar o Clube de Autores. O primeiro que fiz, ”O Lobisomem da Serra Vermelha” foi pago, e fiz com a ajuda de uma firma, que patrocinou parte do valor pago para a edição dele. Mas os livros saíram bem baratos para mim. Por isso mesmo e para me promover, sempre faço doação deste livro . Portanto, os que eu quis publicar até agora, publiquei. Depois do Clube de Autores passei a publicar na Amazon,no chamado KDP.

10-O que você acha do novo cenário da literatura nacional?
Muito difícil. Isto porque as pessoas ainda insistem em só comprar livros de fora, principalmente de escritores cujos livros viraram filmes. E tem mais, infelizmente sou obrigado a dizer que muitas pessoas têm preguiça de ler. Aqui no Estado em que moro se vende muito pouco livro. O povo daqui gosta mais de ouvir música “breganeja” , ir no “botecos” beber, e ir a shows destes artistas. A cultura é mais por parte de Professores e alguns literatos mesmos, nas universidades. As pessoas compram os livros que serão usados nos vestibulares e os que precisam para a profissão, como livros Jurídicos, de Medicina etc. Fora destes, só de vez em quando, para dar de presente. Mas não têm o costume de ir em uma livraria várias vezes ao ano comprar um livro para elas mesmo lerem. A Internet e os celulares prejudicaram os interesses de ler livros.As pessoa ficam só vendo nestes aplicativos,as manchetes de alguns sites e só.

11. Recentemente surgiram várias pessoas lançando livros nacionais, uns são muito bons, outros nem tanto, outros são até desesperadores, o que você acha sobre este boom?
Acho que as pessoas devem escrever o que sentem. Claro que tem muita obra ruim na Literatura Nacional, mesmo de escritores que são famosos, pois a Mídia lhes dá espaço demais e ficam conhecidos, embora nem sempre seja bom o que escrevem. Porém escrever é uma arte, uma forma de se expressar o que se sente e de passar conhecimentos. Se tais escritos irão cair no gosto do povo é uma outra “história”. Há muitos livros bons e bons escritores. O problema no Brasil é a divulgação que ainda é muito fraca. Surgiu também a tal Whattpad onde muita gente,principalmente mulheres novas,escrevem suas mazelas por lá.Mas só isso não as classifica com Escritoras. Muitas se autodenomina de "Autoras".

12. Qual sua opinião sobre os preços elevados dos livros nacionais? Isto é um empecilho para que sejam vendidos mais livros?
  Sim. As pessoas nem sempre têm dinheiro para os livros. Tem para beber, passear, cinema, futebol etc. Mas não compram livros que custam mais de R$ 40,00, pois acham caro. Na verdade estão comprando menos livros no Brasil inteiro. E ainda tem uns políticos fascistas do atual Governo querendo cobrar impostos de 12% sobre os livros,o que vai piorar o "mercado" e dá prejuízo às Livrarias.

13.Qual livro você falaria: "queria ter tido esta ideia"?
O Livro que eu gostaria de ter escrito chama-se “Eram os Deus Astronautas? ”  de Erick Von Daniken. Ele nos faz pensar numa teoria que realmente pode ser verdadeira sobre o homem, o universo e os seres extraterrestres. Há um documentário no You Tube sobre o que trata o livro.

14.Se tivesse que escolher uma trilha sonora para seus livros qual seria? (nome da musica + cantor).
Escolheria várias músicas, que foram até trilhas sonoras de filmes. Entre elas O tema do filme “A Missão”, que é de Ennio Morricone ; A Conquista do Paraíso, de Vangelis Papathanasiou; e a Música tema do filme “Carruagem de Fogo”, também do Vangelis.

15.Já leu algum livro que tenha considerado "o livro de sua vida"?
Este eu leio sempre: “A Bíblia”. E cada vez que leio, quero ler mais. É um livro de História religiosa (Velho Testamento) de Espiritualidade Pura, (Novo testamento). Neste estão os maiores ensinamentos do mundo trazidos por Jesus Cristo e seus apóstolos.

16.Você tem novos projetos em mente? Se sim, pode falar sobre eles?
Tenho. Escrever mais uns 10 livros, cujos títulos e rascunhos já tenho na cabeça e alguns até anotados e iniciados. Estou fazendo o 14º Livro"O Lusitano" Este término ainda este ano.  E finalmente  já estou começando o livro de nº 15 será de memórias mesmo, sobre a minha vida toda, cujo título será “Pedaços da Minha Vida” ou "Uma Vida Difícil". Este só   ficará pronto no fim do ano de 2019. Estou fazendo um livro por semestre. Os outros 5 serão compilações de contos e crônicas já escritas, que ainda estão no meu Blog “Palácio de Letras” cuja seleção vou fazendo aos poucos, e um da História Politica no Brasil e outro de Goiás e talvez um Romance de ficção..

17.Você acompanha as críticas feitas por blogueiros nas redes sociais? O que você acha sobre isso? 
Acho bom. Porém há muito radicalismo e inveja nas redes sociais. Se falamos que estamos vendendo muitos livros causa inveja. E nem sempre quem critica leu o livro, mas viu apenas uma sinopse e já quer desvalorizar. Mas há bons leitores e divulgadores também. Esta parte de crítica e de divulgação sadia para os livros supera os primeiros.

18.Se pudesse escolher um leitor para seu livro (escritor, alguém que admire) quem seria?
Eu escolheria atualmente o Jô Soares, que ainda está vivo. E seria uma honra para mim também, se tivesse tido o Ariano Suassuna como leitor de meu primeiro livro, que escrevi sobre o tempo que morei no Sertão de Pernambuco. Mas o Ariano,que era paraibano de nascença e pernambucano de coração, já partiu antes do combinado.

19.Qual a maior alegria para um escritor?
Que seus livros sejam lidos e comentados. Que ele veja seus livros sendo divulgado nas redes sociais, na TV, nas Livrarias etc. E que possa ser convidado a participar da Feira do Livro de Parati ou da Bienal do Livro, em São Paulo. E, obviamente, que sejam vendidos os livros publicados.

20.Deixe uma mensagem a nossos leitores e para aqueles que estejam iniciando no mundo da escrita literária.
Digo para o leitor, escritor principiante, ou mesmo aquele que só escreveu um livro e parou, que insista. Não desista.  Eu escrevo para ver o livro pronto. Se não o vendo, faço doação, para que vejam e leiam o que escrevi. Em seis anos já doei mais de 750 dos meus livros. E fico contente, mesmo que esteja pagando para que a pessoa leiam meu livro. Eu uso meus livros para dar de presente mesmo. Escrever, como eu já disse, é uma forma de arte, de espalhar cultura e conhecimentos, (se é que não são a mesma coisa). Como acredito que a escrita do livro ou da poesia, vêm da alma e dos sonhos do quem os escreve, devemos sempre sonhar e continuar escrevendo. Se uma só pessoa ler um de meus meus livros eu já me daria por satisfeito, pois o ofício do escritor é escrever para ser lido. 
E digo sempre às pessoas:
Vender livro no Brasil é luxo!
 E ser imortal?
-Só para quem não tem onde cair morto...
                                                                                                ANTÔNIO LUIZ GOMES- Escritor pernambucano que reside em Goiânia, Goiás.

P.S. Entrevista  para o Site/Blog "Arca Literária" que foi feita em março de 2017.
Aqui ela foi atualizada.

Atualização  A.L.G. 17/08/2020.