quinta-feira, 29 de agosto de 2019

AGOSTO

Estamos no fim do mês de agosto. 
Dizem alguns :"O fatídico mês de agosto",por causa de alguns acontecimentos trágicos relacionados a este mês durante anos,no Brasil e no mundo... E são muitos.
Mas,não é somente sobre isso que quero falar aqui,mas sim sobre aspectos negativos ou não relacionados a este mês,e  que afetam  diretamente a mim e à minha família.
Em primeiro lugar foi em 04 de agosto,muitos anos atrás,que faleceu o meu pai. Também um tio meu,que era do mês de agosto,teve uma vida cheia de problemas e veio a falecer ainda jovem num triste dia 18 de agosto. Outros amigos meus morreram em agosto,de mortes acidentais ou não.
Mas, agosto tembém tem datas boas. Em agosto nasceram minhas duas filhas que são bem jovens ainda. Fazem aniversário nos dia 07 e 19,respectivamente. E também de agosto, do dia 15,é a minha cara-metade. São todas do signo de Leão. São de personalidade fortes mesmo e eu tenho de aguentá-las por aqui. Mas, são gente boa e dá para conviver com elas razoalvemente.
A fama má do mês de agosto vem de tragédias na politica e na vida real de vários brasileiros. Presidentes brasileiros renunciaram ou até se suicidaram em agosto. Pode ser coincidência, mas muita gente boa morre em agosto. 
Dizia um amigo meu: "Quem não morreu de janeiro a julho,por certo pode morrer em agosto".Porém, eu acrescentaria,com mais certeza que,quem não morreu de janeiro a julho pode morrer até dezembro,pois afinal de contas o ano tem doze meses. Mas, nascem muitos bebês em agosto também. A vida é assim mesmo,há muito tempo.Nasce e morre gente o tempo todo em todos os lugares do mundo.
Há um provérbio latino que está inscrito, inclusive no Brasão da Ordem Jarreteira,que é originária da Inglaterra, que diz claramente "Hony soit qui mal y pense". Que, em tradução literal seria "O mal está em quem mal pensa" . Ou seja,se v. pensa no mal,ele está com você. 
-Seria assim mesmo?
O certo é que esse negócio relacionado a agosto ser um mês ruim vem dos antigos. De muitas lendas e histórias que chegaram até nós via dos colonizadores portugueses e até por outros imigrantes alemães,italianos e pelas histórias infantis contadas a nós pelos nossos pais e avós. 
Diziam alguns antigos: "Agosto é o mês do cachorro louco". E diziam também "mês do mau agouro",e coisas que tais.
Para mim é um mês como outro qualquer,com a difernrteça citada acima de que há três comemorações de aniversários aqui em casa. E estas pessoas ligadas à minha família estão hoje todas com saúde e bem vivas e enfrentando o dia a dia. 
-O que é muito bom.
No mais,é ir "segurando a barra",aceitandoe resolvendo os problemas o dia a dia,o que não é fácil em nenhum mês do ano. 
Afinal de contas ,a vida é para ser vivida,até o último dia. 
A vida é como o mar:  Tem dias de calmarias e tem dias de tempestades.
Que seja assim também a nossa  vida : Quer seja serena,quer seja revolta,vivamos !
.............................................
Reedição : 29 de agosto de 2019
A.L.G.




Nenhum comentário:

Postar um comentário